domingo, 23 de setembro de 2012

Família Tôrres - Uma das Tradicionais da Sociedade Esperancense


Fatos e Fotos que Fizeram a História de Esperança

Família Torres - Uma das Famílias Tradicionais que Contribuiram com o Desenvolvimento de Esperança.
Foto da Década de 60


                                Entre as familias tradicionais que contribuiram com o desenvolcimento de Esperança, a família Tôrres sempre se destacou social, culturalmente, no seio da sociedade esperancense. Da esquerda para a direita, vemos Antonio de Pádua Tôrres, ainda solteiro, José Tôrres e o filho mais novo, Leonardo, Dona Alice Tôrres, Irmã Áurea, Tarcísio Tôrres, o casal Severino e Corina Tôrres, Salomé Tôrres e os dois netos, Lila e Danilo.

                              A família sempre se evidenciou na vida social, profissional, cultural e política de nossa cidade. Severino Tôrres era funcionário público estadual, exercendo o cargo de Agente Fiscal, José Tôrres herdeu a profissional do pai, sendo, também, agente fiscal, Antonio de Padua Tôrres exerce a profissão de Promotor de Justiça, ocupando o cargo, atualmente, de Procurador de Justiça da Paraiba. Dona Alice Alves Tôrres é proprietária do Educandário Menino Jesus de Praga nesta cidade, com as duas filhas atuando na área educacional.

                              Um detalhe importante, na vida da familia, José Tôrres, além de advogado, era político influente neste municipio, na década de 70, chegando a dividir o eleitorado esperancense. Seu pai, Severino Tôrres, foi o segundo Secretário da Prefeitura, desde a emancipação política de Esperança. 

3 comentários:

  1. Gostaria de acrescer as seguintes notas:

    A família veio do sertão. Pedro de Alcântara Torres, foi delegado e fiscal de rendas do município na década de 30. O irmão Severino, além de exímio orador, ajudava nos trabalhos da igreja. Casou-se com dona Corina, irmã de Celina Coêlho, uma outra família de tradição em nosso município. Dona Celina foi uma das primeiras professoras da cadeira elementar, compromissada em 13 de abril de 1931. O irmão, Antônio Coêlho, foi prefeito de 1969 à 1973.

    Rau Ferreira
    Blog HE

    ResponderExcluir
  2. Muito válido o seu comentário. Fiz a psotagem com muuita pressa, pois, terminei esses dados que já estavam agendados. Quanto ao ex-prefeito Antonio Coelho, deixei para uma outra postagem, aguardando fotos que completem o trabalho.

    ResponderExcluir
  3. Meu Pai Antonio dos Santos Torres, era filho de Sebastiao Torres e Maria Merencia Torres,gostaria de saber se ainda existe alguem dessa familia em Cajazeiras-PB meu pai veio para Pernambuco ña década de 50 e nao mais voltou, ele falava que a familia dele era de Políticos.

    ResponderExcluir