segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Chico de Pitiu - Amante do Futebol Amador


Fatos e Fotos que Fizeram a História de Esperança


América Futebol Clube - Começo da década de 60

                              O início da historia do futebol em Esperança contou com a figura de Chico de Pitiu (Francisco Claudio de Lima), co-fundador do América. Apaixonado por futebol, principalmente, pelo América, a ponto de chegar a escrever parte da historia do nosso futebol, com o livro intitulado de "50 Anos de Futebol", focalizando, essencialmente, o futebol amador.

                              Na foto que vemos acima, a de Chico de Pitiu, como era conhecido popularmente, mas, na verdade, alí, naquela foto, já era o Bel. Francisco Claudio de Lima, graduado em Direito pela Universidade Federal da Paraiba, nos anos 80.

                              Na segunda foto, contando de cima para baixo, Chico de Pitiu, jovem, jogando futebol pelo São Cristovão, time esse que serviu de base para a formação do América, nos ídos anos 40. Com o surgimento do América, ficou extinta a equipe do São Cristóvão. Na foto a que faço referencia, há um equivoco quanto aos nomes mencionados, pois, estão Piaba, Antonio Batista, Gilvan e Chico de Pitiu.

                             Na última foto, a equipe do América, time amador, uma das melhores formações da época, todos apaixonados pelo América. De pé, da esquerda para a direita: Manoelzinho, João Augusto, Griu, Erasmo, Gata, Licinho, Edmilson e Moleque. Agachados, da esquerda para a direita: Neude, Jurinha, Zé de Zuca, Gilvan, Ruivo e Chico de Pitiu.

                             Vale lembrar que Chico de Pitiu, além de ser um dos fundadores do América, passou a ser, por muitos anos, um dos membros da diretoria do América, bem como, um dos diretores do CAOBE. Teve uma vida social intensa, participativa, enquanto era funcionário da antiga Fundação SESP, em Esperança.

2 comentários:

  1. Um grande esperancense, nunca esqueceu sua origem, era um grande amigo que por diversas vezes visitei sua residência em João Pessoa, quando nos encontravamos um bom diálogo era colocado em prática, um excelente registro.

    ResponderExcluir