quarta-feira, 8 de julho de 2020

FATOS E FOTOS DA NOSSA HISTORIA - O PAVILHÃO 10 DE NOVEMBRO

                                               Pavilhão 10 de Novembro - Década de 1940

                                         
                                          Na década de 40, do século passado, Esperança, não tinha ainda 20 anos de emancipação política. O Pavilhão 10 de Novembro foi a maior atração social da vida da nossa cidade. era, posso dizer, um ponto de encontro da elite, localizado em ponto estratégico, central, na antiga Praça Getúlio Vargas. Vale salientar que a Praça foi criada antes do Pavilhão. como os recursos eram praticamente inexistentes, ambos, a Praça e o Pavilhão, para entrarem em pleno funcionamento para a frequência da público, demorou mais de cinco anos.

UM POUCO DA HISTÓRIA. Naquela época, os prefeitos que se sucederam eram nomeados pela interventoria do Estado, justamente em que, Getúlio Vargas era o interventor federal. Então, em  05 de setembro de 1938, a Praça recebeu a denominação de Getúlio Vargas, na administração municipal de Julio Ribeiro.

Em 10 de janeiro de 1941, foi inaugurada a Praça Getúlio Vargas, em homenagem ao quarto aniversário do Estado Novo, sob o comando do então presidente Getúlio Vargas. Desta feita, a Praça foi inaugurada em homenagem ao Presidente de então.

Quem inaugurou o Pavilhão foi o prefeito Sebastião Vital Duarte, em 10 de novembro, justamente na data que se comemorava o quarto aniversário do governo Getúlio Vargas, governo esse que ficou conhecido como governo do "Estado Novo", que iniciou em 10 de novembro de 1.937, até 31 de janeiro de 1.946. O Pavilhão e Praça foram inaugurados juntos, na mesma data, embora a praça tenha sido instituída antes do Pavilhão.

Vale salientar que o orador oficial daquela solenidade foi o cidadão Severino de Alcântara Tôrres, pai do nosso conhecido José Tôrres e avô da proprietária da Instituto Menino Jesus de Praga, Daniela Tôrres.

Ainda, dentro da história daquela Praça, vale registrar que antes teria recebido o nome de João Tavares, antes da edificação, na década de 40. Quem foi João Tavares? Um dos primeiros governadores da Paraiba, um colonial português, que governo a Paraiba entre 1.585 a 1.588, cuja praça foi criada na década de 30.

Assim, fiz questão de fazer esse pequeno relato sôbre a história do Pavilhão 10 de Novembro, que foi extinto na década de 70, para a construção do Calçadão Joaquim Pereira. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário